10/12/2006 a 16/12/2006
 24/04/2005 a 30/04/2005


 Dê uma nota para meu blog


 UOL - O melhor conteúdo
 Google
 Altavista
 Desnutrição Infantil
 Bloguinho da Aninha =^.^=
 Microsoft






Caixa Postal

**Fumo e Saúde**


Fumo:Um vício muito prejudicial à Saúde

 O cigarro foi considerado por muito tempo como símbolo de status. Hoje em dia, porém, sabe-se que o cigarro é um dos piores inimigos da saúde. Um bom exemplo de doença associada ao fumo é o câncer de pulmão, doença altamente fatal, em que a quantidade de cigarros fumados por dia é proporcional ao risco de se ter a doença. Isso quer dizer que, se a pessoa fuma de 1 a 9 cigarros por dia, ela tem 5 vezes mais chance de ter câncer, enquanto alguém que fume mais de 40 cigarros por dia terá uma chance 20 vezes maior que um não-fumante. O cigarro também afeta as pessoas que não fumam mas vivem com fumantes, os chamados fumantes passivos.

           Há muitas outras doenças também apontadas como sendo causadas pelo cigarro , como o câncer de colo uterino, em que as mulheres fumantes têm um risco 3 vezes maior de adquirir a doença do que as não fumantes. Outros casos de associação do cigarro com câncer são câncer de laringe e de boca, de pâncreas, de bexiga, de esôfago, de estômago e de rim. O cigarro também contribui em grande parte para o infarto do coração, bem como para outras doenças vasculares, como o derrame cerebral. Por mais de 20 anos, várias pesquisas têm demonstrado que o fumo é a causa mais importante de bronquites crônicas e enfisema pulmonar. Como se não bastasse, em gestantes, o cigarro provoca partos prematuros, o nascimento de crianças defeituosas ou com peso muito abaixo do normal. Além disso, o fumo causa por volta de 20% dos casos anuais de asma nas crianças. Tudo isso sem falar nos efeitos estéticos desastrosos, já que a fumaça aumenta a formação de rugas e o alcatrão escurece os dentes.

  

 Tratamento:

 Para quebrar o hábito de fumar, pode ser necessário fazer alguma forma de tratamento que elimine a dependência física e psicológica da nicotina. Vários tratamentos têm sido sugeridos. Um deles é o uso de grupos de apoio. Também a hipnose e psicoterapia podem ajudar nos casos em que a ansiedade é um fator importante. Algumas pessoas se beneficiam do uso de acupuntura, com bons resultados. Porém, um tratamento que tem resolvido bastante é o uso de bandagens de nicotina auto-adesivas ("nicotine patches"), que liberam quantidades de nicotina através da pele, dando nicotina à pessoa, sem que ela precise fumar. Também são de grande utilidade as gomas de mascar com nicotina, que funcionam do mesmo modo.    Nessas formas de tratamento há apenas nicotina, e não as outras substâncias químicas contidas no cigarro, e por isso causam menos mal à saúde. Mais recentemente, foi mostrado que o uso de alguns medicamentos antidepressivos pode uxiliar no tratamento da dependência. Se houver interesse, mas dificuldade em largar o vício, o ideal é procurar um médico.


  Composição do cigarro:

 As folhas de fumo contêm mais de 4.500 complexos químicos, muitos dos quais se transformam em outras combinações. Esses complexos incluem arsênico, amônia, sulfito de hidrogênio, cianeto hidrogenado e o monóxido de carbono. Talvez o mais letal de todos os elementos seja o monóxido de carbono, que é idêntico ao gás que sai do escapamento dos automóveis. Como o monóxido de carbono tem mais afinidade com a hemoglobina do sangue do que o próprio oxigênio, ele toma o lugar do oxigênio, deixando o nosso corpo totalmente intoxicado, assim diminui a capacidade da hemácia de transportar este elemento vital para os tecidos, causando a hipóxia, ou seja, a falta de oxigenação nos tecidos. Além disso, lesa a parede da artéria, facilitando a formação de placas de ateroma, ou seja, acelerando a arterioesclerose. Observa-se também que aumenta a viscosidade sangüínea levando à maior tendência à agregação plaquetária e conseqüentemente à formação de trombose. Todas essas alterações se manifestam pelo acidente vascular cerebral ( derrame ), infarto do coração, trombose arterial, gangrena ou aneurisma. Os demais componentes da queima do cigarro são responsáveis por 75% dos problemas pulmonares, pois irritam as vias respiratórias e aumentam a secreção do muco, causando bronquite crônica, responsável por aquela tosse característica do fumante. Em estágio mais avançado, o pulmão é destruído e ocorre o enfisema pulmonar: a rotura irreversível dos alvéolos e leva à falta de ar do doente, o que chega a limitar sua atividade física. Se o indivíduo nesse estado continua fumando, a destruição do pulmão é ainda maior e haverá falta de ar, mesmo que esteja em repouso.


 Vício:

 Nem sempre é fácil largar o hábito do fumo. Mas sempre é bom para a saúde. Alguns benefícios são quase imediatos. Trinta minutos depois da pessoa fumar o último cigarro, pressão arterial, batimento cardíaco e temperatura voltam ao normal. Ao final de oito horas, o nível de oxigênio e gás carbônico do sangue começa a se equilibrar, e a chance de se ter um ataque do coração começa a cair. Algumas semanas depois de ter parado de fumar, o olfato e o paladar começam a funcionar normalmente, e a respiração se normaliza. A pessoa que para de fumar sente-se mais energética e o seu risco de desenvolver um ataque cardíaco, após alguns meses, vai cair para menos de 50% do que quando fumava. Depois de 10 anos sem fumar, aquelas pessoas que tinham células pré-cancerosas nos pulmões passam a ter células normais e, após 20 anos de abstinência, passam a ser consideradas não fumantes.



Escrito por lolis* às 11h16
[ ] [ envie esta mensagem ]



 Por Que se FUMA?

Pessoas de todas as idades e pricipalmente os jovens são atraídos para o meio de drogas e para o cigarro. De acordo com uma pesquisa feita os principais motivos são: a curiosidade, a vergonha dos amigos que provavelmente fumam, e para atrair status. *Quando se começa a entrar na vida adulta os jovens constumam ter essa curiosidade, eu tive, conheci e não penso em largar o fumo. Apesar de que fumo muito pouco, de 4 em 4 meses, um dia apenas.. como se fosse um chocolate muito caro, que a gente só come de vez enquando. Aprendi a ter mas controlar, mas acredito que isso não seja fácil para todos. Aconselho não arriscar.*



Escrito por lolis* às 09h50
[ ] [ envie esta mensagem ]



Curiosidades

 Curiosidades:

 

.Processo de contaminação do câncer:

 

.Pulmão de um Fumante e de um não-fumante:

 

.Asma é uma inflamação nos alvéolos que dificulta a passagem do ar.

   

 

.Um fumante passivo sofre mais com o cigarro do que o próprio fumante, pois o cigarro possui o filtro que ajuda a bloquear as toxinas e o fumante passivo as respira diretamente.

     

.Toda substância que causa efeito alucinógeno é considerada uma droga.

   


 

 



Escrito por Gabi, Larissa, Lolita, e Malu às 16h40
[ ] [ envie esta mensagem ]



    > Se quiser revisar o assunto você pode responder as questões abaixo e envia-las para o meu e-mail atravéz do box de e-mails no canto esquerdo da tela que terei o prazer de corrigir e lhe enviar de volta com as respostas corrigidas e criticadas (de forma instrutiva, claro).

1. Por que as pessoas fumam?

2. Você já teve ou pretende ter uma experiência com o cigarro? O que você pensa a respeito?

3. Cite doenças causadas pelo fumo.

4. Por que não se deve fumar durante a gravidez?

5. Cite algumas formas de largar o vício do fumo.

6. Uma pessoa que já fumou será sempre um fumante?

7. Explique o processo de contaminação do câncer.

8. Quais são as diferenças do pulmão de um fumante para o de um não-fumante?

9. O que é Asma?

10. O cigarro não eh considerado uma droga. Essa afirmação é correta? Por que?


 

www.fumoesaude.zip.net - Blog desenvolvido por lolis* em Uberlândia (MG) no ano de 2005 em função de uma apresentação do Colégio Nossa Senhora da Ressurreição a respeito do cigarro em geral. Qualquer dúvida, reclamação ou questionário pode ser enviado para lolis* através do Box Mail no canto posterior esquerdo do blog. Obg. pela visita e volte sempre!



Escrito por Gabi, Larissa, Lolita, e Malu às 16h14
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]